quinta-feira, 16 de julho de 2009

Trabalhando e ouvindo em parede fina




- Ele lambe mais que tudo nessa vida – afirma ela.
- É? O meu também me chupa como se eu fosse uma deusa! Inclusive quando estou menstruada – rebateu a amiga.
- Iecaaaa, menstruada? Isso é nojento! Não faço sexo com um cara que me chupa menstruada e depois vem beijar minha boca – treplicou ela.
- Acho lindo quando ele chupa e me mostra a língua vermelhinha de sangue – encerrou o papo a amiga.

Sinceramente, o que há de gosto, a vida se encarrega!


Ouvindo: "A cor amarela" – Caetano Veloso

3 comentários:

Anônimo disse...

Será que aqui vai ser melhor do que as pílulas oferecidas no outro espaço? pra quem começou com esse texto e imagem bem sugestivos, acredito que isso aqui vai dar o que falar.
Sobre a prática citada no texto, não é minha onda mesmo. mas como vc citou na ultima frase, há quem goste.

Cuca disse...

Vim conhecer o blog e já gostei do tema: diversidade!
O que é de gostoso para um pode não ser para o outro e que bom que todos não gostamos exatamente da mesma coisa...
Adoro sexo! Tem gente que diz que não gosta!E daí?

Beijos

Thiago da Hora Souza disse...

Ainda bem que sou gay...